Quando Eu Era Vivo

quando-eu-era-vivo-pagina

Quando Eu Era Vivo é um filme brasileiro de suspense e terror produzido por Rodrigo Teixeira e Raphael Mesquita, dirigido e escrito por Marco Dutra e Gabriela Amaral Almeida em 2012. Foi lançado em 31 de janeiro de 2014. O longa é uma adaptação do livro de Lourenço Mutarelli, chamado A Arte de Produzir Efeito Sem Causa.

Sinopse: Júnior (Marat Descartes) volta a morar com a família depois que perdeu o emprego e se separou da esposa. Ao chegar na casa que um dia já foi seu lar, ele se sente um estranho e passa seus dias no sofá do velho Sênior (Antônio Fagundes) remoendo a separação, o desemprego e sonhando com a jovem inquilina Bruna (Sandy Leah). Após achar alguns objetos que pertenciam à sua mãe, Júnior passa a querer saber tudo sobre a história da famíla e desenvolve uma estranha obsessão pelo passado, passando confundir delírio e realidade.

ELENCO

Antônio Fagundes – Sênior
Marat Descartes – Júnior
Sandy Leah – Bruna
Gilda Nomacce – Miranda
Kiko Bertholini – Pedro
Helena Albergaria – Olga
Rony Koren – Paulinho
Tuna Dwek – Lurdinha
Eduardo Gomes – Zuzu
Lilian Blanc – Enfermeira
Carlos Albergaria – Júnior (Criança)
Marc Libeskind – Pedro (Criança)
Carla Kinzo – Silmara
Caetano Gotardo – Silmar
Lourenço Mutarelli – Donato
Wilhelmina McFadden – Carol

TRILHA SONORA OFICIAL

Overture (Guilherme Garbato/Marco Dutra)
Quando a Noite Cai (Marco Dutra/Sandy Leah) – Intérprete: Sandy
Tema de Bruna (Guilherme Garbato/Gustavo Garbato)
Pertinho de Você (Hugo Belardi) – Intérprete: Elizângela
Bonequinho de Papel (Guilherme Garbato/Gustavo Garbato) – Intérprete: Eduardo Gomes
Serpente de Vidro (Guilherme Garbato/Gustavo Garbato)
Call Me (Guilherme Garbato/Gustavo Garbato) Intérprete: Sandy (filme) / Manu Cirne (Trilha)
Manicômio (Guilherme Garbato/Marco Dutra)
O Ritual (Guilherme Garbato)
Serpente da Noite (Guilherme Garbato/Marco Dutra) – Intérpretes: Sandy e Marat Descartes
Quando Eu Era Vivo (Marco Dutra/Caetano Gotardo) – Intérprete: Sandy
Qanad Kiçik Varliq (Guilherme Garbato/Gustavo Garbato)

FOTOS
Clique para ampliar